Osasco, cidade que respira a história.

O Museu Municipal de Osasco ( Dimitri Sensaud de Lavaud )Foi fundado em 1976, instalado em uma residência construída no século XIX a pedido do banqueiro Giovanni Brícola. O casarão abrigou, como segundo residente, o Barão Evariste Sensaud de Lavaud, pai de Dimitri Sensaud de Lavaud, engenheiro francês naturalizado brasileiro, que construiu o primeiro avião brasileiro e com ele realizou o primeiro voo da América Latina. O voo partiu da frente do chalé, em Osasco, no dia 7 de janeiro de 1910.
O nome do museu é uma homenagem ao inventor/aviador.

  1. EndereçoAv. dos Autonomistas, 4001 - Centro, Osasco - SP

Infelizmente, o museu só funciona de segunda à sexta, das 8:30 às 14:30. Logo o fluxo de moradores é minusculo, e o interesse por parte da população só diminui ao longo do tempo.

As Vilas Operárias São o
Patrimônio Cultural Esquecido

Em Osasco, a primeira vila operária foi construída nos fundos da olaria de Antônio Agu, onde hoje situa-se o bairro do Bonfim. Depois, foram construída as vilas operárias do Frigorífico Continental, da Vila Campesina e a da Cartieira, para citar apenas as primeiras.
Hoje em dia, apenas a Vila Ferroviária do Bonfim é que ainda está de pé. Existem poucas formas de moradia como esta, e as que sobreviveram estão com conservação precária. Assim, achamos importante descobrir como Campinas fez para conservar suas vilas operárias e seus moradores.

A Vila Operária do Bonfim vai ser completamente revitalizada e preservada para se tornar um centro cultural, resultado da Operação Urbana Consorciada Tietê II, que consiste em revitalizar toda a margem do Rio Tietê, formando um centro empresarial, comercial, residencial de Alto Padrão e o futuro centro cultural já está sendo realizada em sua primeira fase ( OUC Tietê I ) pela prefeitura em Parceria com o setor privado, com previsão de entrega até o final de 2016.





Postagens mais visitadas deste blog

Manual para se entender um osasquense

O extremo potencial turístico de Osasco

E se a Zona Norte de Osasco virasse mesmo uma cidade?