Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2018

Vila Yolanda pode ser a nova aposta do mercado imobiliário de Osasco

Imagem
O Vila Yolanda é um bairro pouco conhecido na Zona sul da cidade de Osasco, que ultimamente se destacou pela finalização do segundo trecho da Avenida Visconde de Nova Granada, que foi contemplada com uma ampla ciclovia e iluminação de LED.

O bairro já foi muito conhecido na cidade, pois nele era instalada a grande transportadora Transdroga, que fez com que suas ruas sempre ficassem cheias de caminhões e funcionários da empresa, além do centro de vivência, que continha quadras poliesportivas e duas piscinas públicas. Todavia, o progresso chegou aos bairros da região centro-sul de Osasco e a Vila Yolanda ficou esquecida. É como se o córrego João Alves fosse uma cortina que impedisse o bairro de progredir. Agora, com o trecho da Visconde concluído, o bairro recebeu imediatamente a construção de um Hipermercado Rossi, entre a Rua Justino Alves Batista e a Nova Granada, o que pode significar um start para o desenvolvimento do local.


A UNIESP foi outra empresa que decidiu investir na Vila Yol…

Uma viagem pela arquitetura simplista que conta muitas histórias escondidas nas ruas de Osasco

Imagem
Osasco tem história pra contar! E com história, não me refiro ao primeiro voo da América Latina ou ao passado industrial da cidade (apesar de tudo isso estar interligado), mas sim da história contada pelos osasquenses que viveram, evoluíram e firmaram suas raízes na cidade. Essas histórias são contadas pelas construções que vemos quando saímos das principais avenidas da cidade.

A cidade como bem entendemos nasceu apenas (oficialmente) há 56 anos, quando em 1962, o sim venceu o não na votação para definir se o Distrito de Osasco seria emancipado da Capital Paulista ou não. Todavia, temos muito mais tempo de história pra contar, desde Raposo Tavares, que ajudou a fundar a Vila de Quitaúna (Atual bairro Quitaúna), até a chegada de Antônio Agu seguida da explosão industrial.  


A história da nossa cidade vai além dos registros oficiais, afinal, quem realmente construiu Osasco foram os osasquenses! Sejam eles imigrantes Italianos, Armênios, Russos, Alemães, Portugueses ou os mais recentes mig…

Osasco está seguindo o perigoso caminho da verticalização e gentrificação

Imagem
Desde meados de 2010 é comum que motoristas recebam folders divulgando novos lançamentos de condomínios residenciais ou empreendimentos empresariais nos semáforos de Osasco. Os empreendimentos realmente são lindos, e muitas vezes luxuosos, mas até que ponto essa verticalização é benéfica para a cidade?

Osasco possui 696 382 habitantes, segundo o senso do IBGE de 2016. Esse número com certeza vem aumentando devido ao  crescente lançamento de conjuntos residenciais, em especial nos bairros mais periféricos, como Padroeira e Jardim Conceição, e isso pode ser um sinal de que em poucos anos a qualidade de vida do osasquense pode piorar, tanto nos dados do IDH, quanto na prática do dia a dia da população.

A gentrificação também é muito perceptível no eixo centro-sul da cidade, boa parte da população está se dando conta de que diversas casas de médio/baixo padrão estão dando lugar à Condomínios verticais de alto padrão. Esse acontecimento torna o comércio local, impostos e estilo de vida em ge…

Postagens mais visitadas deste blog

Como Osasco deixou de ser um bairro de São Paulo e virou uma grande Cidade

Osasco está seguindo o perigoso caminho da verticalização e gentrificação

Osasco foi o cenário do primeiro voo da América Latina